Últimas Notícias
Capa / COLUNISTAS / Colunista Zé de Melo – Um poema atualizado

Colunista Zé de Melo – Um poema atualizado

UM POEMA ATUALIZADO

Este tipo de analfabeto, o político, é uma figura sempre atual, como bem retratou do poeta alemão Bertolt Brecht, em 1988. Nada melhor do que apresentá-lo na íntegra, em que todos e todas possam ler e analisar em sua completude. Muito bem propício para os tempos passados, para os tempos atuais, e, ainda, para os tempos que virão.

O ANALFABETO POLÍTICO

Bertolt Brecht

O pior analfabeto é o analfabeto político.

Ele não ouve,

não fala,

nem participa dos acontecimentos políticos.

 

Ele não sabe que o custo de vida,

o preço do feijão, do peixe, da farinha,

do aluguel, do sapato e do remédio

dependem das decisões políticas.

 

O analfabeto político é tão burro

que se orgulha

e estufa o peito dizendo

que odeia a política.

 

Não sabe o imbecil que da sua ignorância política

nasce a prostituta,

o menor abandonado,

e o pior de todos os bandidos,

que é o político vigarista,

pilantra, corrupto e

lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

 

 

 

 

Divulgação de: José Francisco de Melo Neto (zé de melo neto)

Professor Titular e Pesquisador da UFPB

Membro do Movimento Colônia e Cidadania – MCC

Membro da Academia de Cultura de Colônia – ACCL

 

Sobre Direto da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)