Últimas Notícias
Capa / NOTÍCIAS / CULTURA / Leopoldinense disputa vaga de reitor na Universidade Federal da Paraíba

Leopoldinense disputa vaga de reitor na Universidade Federal da Paraíba

Em uma disputa acirrada, o conhecido professor Zé de Melo Neto disputa a Reitoria da UFPB

Grafite usada na campanha para reitor na UFPB

Grafite usada na campanha para reitor na UFPB

A exemplo do que aconteceu na Universidade Federal de Alagoas (UFAL) em 2015, agora é a vez da UFPB – a Universidade Federal da Paraíba – eleger seus novos reitor e vice-reitor. O que chama a atenção da comunidade leopoldinense é que pela primeira vez na história do município, temos um conterrâneo candidato ao mais importante cargo do órgão executivo máximo em uma Universidade. Trata-se do emérito professor Zé de Melo, filho de “Dorinha e Chico Loló”, conforme atesta a placa que dá nome à sua simpática casa em Colônia Leopoldina.

            São ao todo quatro candidatos em busca da vitória na consulta eleitoral marcada para o próximo dia 13 de abril em João Pessoa. Além de Zé de Melo, que tem como candidato a vice-reitor o professor Ivonaldo Leite, estão na disputa a atual reitora Margareth de Fátima Melo Diniz e mais duas chapas de oposição. O candidato leopoldinense diz saber da dificuldade de enfrentar uma eleição desse porte, mas tem assumido com entusiasmo o papel de representar o movimento UFPB Viva, que preconiza “um conhecimento novo, universal e crítico, como o elemento catalisador de uma mobilização coletiva”.

            Atualmente professor titular do departamento da Educação da UFPB, José Francisco de Melo Neto é um acadêmico por excelência, além de um verdadeiro cosmopolita. Graduado em Química e Filosofia, mestre em Educação pela Universidade Nacional de Brasília (UNB) e doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez seu Pós-Doutorado na Universidade de São Paulo (USP). Autor incansável, Zé de Melo produziu aproximadamente três dezenas de livros em autoria individual e coletiva (alguns deles sobre a realidade política e social de Colônia), além de cerca de cem artigos, publicados em órgãos nacionais e estrangeiros.

            Nos últimos anos, o agora candidato a reitor da UFPB tem se destacado também nas andanças constantes que faz na sua cidade natal. Zé de Melo tem contribuído significativamente na articulação junto à sociedade civil organizada em defesa de uma política cidadã com base na educação popular. Foi um dos fundadores do chamado MCC – Movimento Colônia e Cidadania – e mais recentemente da ACCL -Academia de Cultura de Colônia Leopoldina – da qual foi presidente de 2015 até o início de 2016. Curiosamente, os mais novos às vezes fazem confusão com o nome comum entre Zé de Melo e o ex-prefeito de Colônia falecido em pleno mandato, José Santana de Melo (1989-1991). Apesar da coincidência, Zé de Melo descarta qualquer intenção de pleitear um cargo eletivo por esses lados nas eleições municipais. Focado no projeto UFPB Viva, nosso conterrâneo é mais conhecido na Paraíba como Zé Neto.

 

Sobre Direto da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)