Últimas Notícias
Capa / COLUNISTAS / Professor Zé de Melo agora também é Conexão

Professor Zé de Melo agora também é Conexão

Diretor social da Academia de Cultura de Colônia Leopoldina, Prof. Zé de Melo é o novo reforço do time do Conexão Colônia

O Conexão Colônia tem a honra de receber em sua equipe de colunistas o querido leopoldinense Zé de Melo, “filho de Dorinha e Chico Loló”, como gosta de ser lembrado.  José de Melo Francisco Neto é professor titular do departamento da Educação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e já publicou cerca de trinta livros de sua autoria e em parcerias, entre eles alguns sobre aspectos políticos e sociais de Colônia Leopoldina. Graduado em Química e Filosofia, mestre em Educação pela Universidade Nacional de Brasília (UNB) e doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), fez seu Pós-Doutorado na Universidade de São Paulo (USP). Sendo um dos fundadores da Academia de Cultura de Colônia Leopoldina (ACCL), foi seu primeiro presidente e hoje ocupa o cargo de Diretor Social na entidade.

Zé de Melo agora reforça a base acadêmica do CC, estreitando ainda mais nossa relação com informação qualificada ao acesso de todos. Abaixo, seu artigo de abertura no Conexão Colônia.

 

Uma apresentação

ZéEstou escrevendo para esta via que me leva à Conexão Colônia, pela primeira vez. Considero algo muito importante para a cidade de Colônia Leopoldina a criação desse vetor midiático. A importância está voltada à dimensão central de cidadania que é a participação. Esta conexão pode muito contribuir a isto. Sem participação não pode haver cidadania e esta é uma conquista de cada um.

Particularmente a essa região canavieira, herdeira das tradições mais brutais da Casa Grande e Senzala, contraditoriamente, acompanham relações sociais adoçadas pelo mel e pelo açúcar, desde os tempos da escravidão. Ainda se convive com esses efeitos, mesmo passadas décadas dessa dura tradição, a tradição da não cidadania, da subserviência, do “sim sinhô, sinhô sim” e da não promoção do outro que insiste em permanecer.

Quando algo aparece delimitando campos para uma intervenção política geral é que se torna mais importante ainda, já que tal Conexão pode tornar-se elemento propulsor ao avanço das pessoas que caminham para conquista de sua própria cidadania e este meio de mídia pode ajudar nessa direção. Estarei contribuindo um pouco no campo da educação, mas que não me furtarei a entrar em outros debates de interesses da cidade.

São importantes os meios que já foram construídos com essa perspectiva e vários desapareceram, bem como os ainda existentes e mais recentemente tomando corpo na vida política do lugar. Podem ser citados os sindicatos, edições de jornais avulsos, ações religiosas, movimento estudantil, o jornal Colônia – minha Colônia, hoje não mais existente, mas que marcou sua passagem, além de outros. Associações as mais variadas, Movimento por Colônia e Cidadania, cooperativas de produção, Academia de Cultura com ainda pouca presença e, agora, esse meio pelas redes sociais que contribuirá, com certeza, a um pensamento mais crítico das pessoas do lugar.

Passo a participar dessa equipe que tem o Prof. Everton Calado como um idealizador do projeto, animando os demais participantes à contribuição cidadã para essa cidade. Por isso, os meus parabéns à equipe que se move, em especial com a estudante de Jornalismo Letícia Sobreira, que por sua vez tem assumido a dianteira de todo esse processo.

Como professor e filho desta cidade, não poderia deixar de prestar o meu apoio a toda e qualquer iniciativa como esta em prol da beleza da participação das pessoas, na definição de sua própria história e de sua libertação. Certamente, Conexão Colônia qualificará a cultura para cidadania.

Avante com a tomada de ação a partir da criação desse sítio eletrônico conexaocolonia.com.br. Que bons ventos soprem pelos canaviais e pelas matas, nessas terras de antepassados índios/as e guerreiros/as cabanos/as, esteios da riqueza desse lugar.

Prof. José Francisco de Melo Neto (Zé de Melo Neto)

Sobre Direto da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)