Últimas Notícias
Capa / NOTÍCIAS / CULTURA / Sérgio Azevedo, corredor leopoldinense, coleciona medalhas e momentos inesquecíveis

Sérgio Azevedo, corredor leopoldinense, coleciona medalhas e momentos inesquecíveis

O Conexão Colônia entrevistou o atleta amador leopoldinense Sérgio Azevedo, que vem ganhando destaque no mundo das corridas de rua em Pernambuco e motivando pessoas  à pratica de atividade física. Junto com amigos, também atletas independentes, Sérgio compõe a equipe Corredor Pé Quente. Confira abaixo o nosso bate-papo!

medalhas

Medalhas da coleção de Sérgio Azevedo

Sérgio, quando você começou a praticar esportes?

Comecei por acaso, em 2014. Como moro próximo à praia de boa viagem, comecei a fazer caminhada às vezes. Um dia, uma amiga me convidou para participar de uma corrida de 5 km. Quase morri na metade. Mas achei incrível, vi pessoas de todas as idades correndo, senhoras, senhores… Vi que era possível. Então resolvi a começar a correr aos poucos e fui participando dos eventos, conhecendo pessoas e me apaixonando a cada dia pela modalidade.

4º Lugar _ Tamandaré

4º lugar em Tamandaré – PE

Qual foi a sua maior motivação? 

Correr traz benefícios diversos. O cérebro produz muitas substâncias que aumentam a adrenalina do corpo. Não é só o fato de estar correndo, o corpo responde de forma química, é algo que acontece em média depois de uns 15 dias praticando. Isso acontece com vários esportes. Mas, minha motivação maior é manter a saúde e a boa forma. Vida saudável e viver cercado de pessoas que pensam junto comigo. A corrida trás muitas coisas boas, entre elas amizades e momentos inesquecíveis.

Qual o momento mais inesquecível?

Com certeza um dos momentos mais marcantes foi o 1º lugar nos 4km rústico (pista e estrada de barro) na cidade de Igarassu – PE, no final do ano passado. Tive a oportunidade de dividir o pódio dos campões ao lado de Yane Marques, uma pentatleta brasileira, única detentora de medalha olímpica no pentatlo moderno na América Latina e no Hemisfério Sul, famosa em todo Brasil. Ela ficou em terceiro lugar feminino 8km. Além desse dia, a conquista do 4º lugar masc. 4 km na cidade de Tamandaré – PE. E claro, o 1º lugar nos 3.3km no percurso desafiante da cidade de Triunfo – PE, no último dia 16 de julho, dia do aniversário de Colônia.

1º Lugar Igarassu

1º lugar em Igarassu – PE

Por que a dedicação à corrida?

Nunca fui bom para esportes. Assim como muitos leopoldinenses, cresci sem acesso à prática de esportes senão o futebol.  O tempo passou e eu queria ser bom em alguma coisa, como não tenho muitas habilidades com as pernas, ginga para futebol, busquei outros esportes, como ciclismo, aprender a surfar etc. Mas, foi nas corridas de rua que me encontrei.  Quem disse que cavalo velho não aprende algo novo?

Quais são suas atuais metas?

Minha meta atual é me preparar para minha primeira meia maratona (21 km), que será em Brasília, no dia 13 de novembro desse ano. A corrida é uma das melhores do Brasil, realizada pela marca Asics. Já estou inscrito, agora é me preparar para nos treinos e para a viagem. Mas, claro, meu maior sonho é realizar a Corrida Eu Amo Colônia em janeiro de 2017.

Sérgio ao lado de Yane Marques

Sérgio ao lado de Yane Marques

Nas suas postagens, você costuma marcar com o termo “mova-se”. O que é o mova-se?

#mova-se é uma hasteg que uso para estimular as pessoas e principalmente meus amigos a se moverem. A ideia é que quanto mais mexemos o corpo, mais ele sente menos os efeitos do dia a dia, do tempo e da vida como um todo. Cada um pode começar a fazer algum tipo de atividade física, não há limites. Quando começamos a nos exercitar tudo em nós funciona melhor, isso reflete diretamente na nossa qualidade de vida, nos tornando pessoas mais ativas e dispostas para lidar com a vida de modo geral.  Se você deixar uma pedra em um local e voltar após 10, 20 anos, por mais pesada que ela seja, não estará mais no mesmo lugar. Alguma intervenção aconteceu com ela. Então, por que temos que ficar parados?

 

Além de Brasília em novembro, tem mais corridas programadas?

Sim, claro. O calendário de corrida é extenso, há várias corridas durante o mês, mas em média participo de uma oficialmente. Além de buscar evitar lesões, tem a questão dos custos. No momento, além das corridas mensais em Recife, tem na agenda Porto de Galinhas – PE, Garanhuns – PE, Petrolina – PE, Goiana – PE, Itapissuma – PE, João Pessoa – PB, Maceió – AL, além de uma maratona Internacional em Buenos Aires e Rio de Janeiro em 2017.

Equipe Corredor Pé Quente

Equipe Corredor Pé Quente

Acredito que participar dessas corridas gera um custo. Você é patrocinado?

Os custos são altos. Além de investir em tênis adequado e outros acessórios, as inscrições para cada corrida variam entre R$75,00 e R$150 reais. Nunca recebi patrocínio e nem apoio de nenhuma empresa ou setor público ligado ao esporte. Tudo é feito com recursos próprios, eu corro por prazer.

Como você aconselha quem está iniciando a prática da corrida?

Começar dando o primeiro passo, levantar e ir. Começar caminhando aos poucos. Fazer uma consulta médica é importante, e quem puder buscar um profissional de educação física para obter orientação ou acompanhamento. Não tem idade nem limites para correr.

1º lugar Triunfo - PE

1º lugar Triunfo – PE

Sobre Direto da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)