Últimas Notícias
Capa / NOTÍCIAS / Sobre a discrição da pré-campanha de Manuilson Andrade: recuo ou estratégia?

Sobre a discrição da pré-campanha de Manuilson Andrade: recuo ou estratégia?

Longe das ruas e das redes sociais, ex-prefeito vem perdendo visibilidade na corrida pela Prefeitura de Colônia

A recente ascensão de Paula Rocha (PMDB), apontada nas últimas semanas com as reinaugurações do estádio e mercado público municipais, levantou a questão entre os moradores de Colônia: por onde anda Manuilson Andrade (PSDB)? O ex-prefeito e ex-secretário de finanças do município, hoje declaradamente o maior adversário na corrida pela reeleição da prefeita, estaria hoje “apagado”, na opinião de alguns, enquanto o governo trabalha para reverter sua própria impopularidade.

Em meados de 2015, faltando pouco mais de um  ano para as eleições, Manuilson chegou a ser considerado franco favorito para a disputa que está por vir. Essa percepção foi reforçada por especulações de uma pesquisa eleitoral encomendada no início deste ano que lhe daria mais de 50% da preferência do eleitorado com a prefeita em queda livre. Na conjuntura atual, a candidatura de Manuilson – sem grandes aparições públicas e com boatos de que estaria sem “estrutura” para enfrentar uma campanha cara – também suscita dúvida pela total ausência de movimentação do pré-candidato nas redes sociais. Quando candidato a deputado estadual em 2014, o facebook do ex-prefeito chegou a arregimentar mais de 4 mil pessoas, entre amigos e seguidores, números até hoje não igualados pelos canais de comunicação da atual gestora. Simpatizantes e eleitores da oposição tentam manter essa chama virtual viva com a criação de páginas, marcações e postagens diretas em suas próprias redes sociais.

Simpatizantes de Manuilson buscam dar visibilidade ao pré-candidatos nas redes socias

Simpatizantes de Manuilson buscam dar visibilidade ao pré-candidatos nas redes socias

Um colaborador importante do staff de Andrade e que preferiu não se identificar garantiu que o candidato está firme e esperando a hora certa de mostrar sua força. “Manuilson está aqui todos os os fins de semana e vem fazendo muitas visitas, vendo muitas casas, famílias, que estão ‘topadas’ com ele”, disse o assessor. O tal apagamento  seria apenas parte da estratégia para ver “grupo da prefeita, que está com a máquina de gastar, sua munição”.

Manuilson de fato encolheu eleitoralmente ou se trata apenas de uma estratégia do experiente político diante de nosso complexo xadrez eleitoral? Como as pesquisas oficiais neste período restringem-se ao consumo interno de quem as encomenda, o único parâmetro disponível, embora não tão confiável, vem justamente do composto ruas-e-redes. Por enquanto, vai dando Paula, e com Meilton Luna (PSB) correndo por fora como a “terceira via”.

Mas se o tempo é quem é o senhor da razão, decerto também será o senhor das eleições

Sobre Direto da Redação

Um comentário

  1. Matéria bem articulada.De começo achei que seria bem tendenciosa,porém notei que foi bem imparcial,expondo is prós e contras dos pré candidates na corrida dad pré campanhas eleitorais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)