Últimas Notícias
Capa / NOTÍCIAS / Wérika Britto concede entrevista sobre sua participação no Garota(o) Aristheu

Wérika Britto concede entrevista sobre sua participação no Garota(o) Aristheu

O Conexão Colônia entrevistou a modelo Wérika Britto sobre sua passagem pelo Concurso Garota(o) Aristheu 2011. Abaixo o leitor pode conferir o bate papo na íntegra!

11024736_374641656060823_6169089478680992022_n

(créditos na imagem)

CC: Wérika, em que ano você participou do concurso?

Wérika: Participei do concurso Garota(o) Aristheu de Andrade no ano de 2011. Ele foi realizado em uma gincana estudantil promovida pela escola e, além de eleger a os alunos mais belos, era uma das provas da gincana, que garantia uma pontuação que servia para o turno que o aluno estava representando.

CC: Como foi essa experiência para você?

Wérika: Foi uma experiência maravilhosa! Lembro-me que a diretora da escola disse que quem vencesse o concurso ficaria na história do Aristheu de Andrade, e na verdade, foi o Aristheu de Andrade que ficou na minha história. Tenho um carinho muito grande pela escola e por todos aqueles que contribuíram na minha trajetória.

Wérika como vitrine vivaCC: Como essa participação repercutiu na sua carreira?

Wérika: O concurso foi muito importante na minha vida pessoal e profissional. Primeiro porque não foi só a beleza em questão, teve conhecimento envolvido. Estudamos, dedicamos nosso tempo para que tudo saísse perfeito, trabalhamos em equipe… No fim de tudo, foi lindo ver quantas pessoas vibravam ao saber que eu tinha ganhado aquele título. Mas não foi apenas um título, foi na verdade uma lição para todos que se envolveram naquele projeto.

Na minha vida profissional foi importantíssimo, pois tirou de mim aquele “medo de tentar”. Me fez ver que se a gente não tentar, nunca vai saber se algo dará certo ou não, e ainda mais além, me fez aprender que ninguém nunca deve desistir dos seus sonhos. Daí por diante, quando voltei a morar em Maceió, decidi que iria trabalhar como modelo e que também iria realizar o sonho que surgiu lá no Aristheu, quando era apenas uma estudante do ensino médio, o tão sonhado curso de psicologia. Me dediquei ao que eu queria, passei no vestibular e hoje já estou no quinto período da graduação. Fui vendo meu trabalho ser reconhecido, sendo publicado em vários jornais, sites e revistas do estado. Foram surgindo outros concursos, de porte maior, onde participei sempre com “os pés no chão”. Uma disputa que também me marcou foi entre as mais belas do estado, onde obtive êxito em um júri independente e fui eleita e recebi o título de Gata Dourada de Alagoas.Wérika Britto no Gata Dourada Alagoas 2015

Depois daquele concurso que aparentemente seria apenas um desfile de escola, minha vida ficou diferente, de um jeito que aonde eu vou, as pessoas já me conhecem. Hoje em dia eu faço diversos editorias, desfiles de moda, vitrine viva em lojas e sou contratada como presença vip em eventos, além de outros trabalhos de imagem.

CC: Como é que você se sente voltando ao Garota(o) Aristheu como jurada?

Wérika: Voltar ao concurso como jurada, depois de tantas coisas que já aconteceram na minha vida, vai ser especial, emocionante, e único. Fico extremamente feliz de poder contribuir com o sonho de alguém, assim como tantas pessoas do Aristheu de Andrade contribuíram com meu. Saber que ali não existem apenas jovens em busca de um título, mas existem sonhos, existem superações e também oportunidades. O concurso possibilita a revelação talentos que estão escondidos, como o de jovens que sonham em seguir carreira de modelo, mas que por medo, timidez, ou até por achar que não são capazes, acabam desistindo. Ou mesmo aqueles que sempre quiseram apenas uma oportunidade de tentar e não tiveram. Quem acompanhou o concurso no ano que participei deve lembrar que foram ditos quais meus planos pros futuro, e hoje graças a Deus vejo tudo se realizando, ainda falta muito, mas com esforço tudo se alcança.

CC: Que mensagem você deixa para nossa juventude?

 Wérika: A mensagem que deixo não é só para os jovens, mas para as pessoas de todas as idades: aproveite as oportunidades porque elas nunca são perdidas, sempre vai haver alguém para agarrar as que você deixar escapar. Então tente. Nunca desista das coisas que lhe fazem feliz, lute, caia levante e continue sempre com “os pés no chão” e no fim, verá que todo o sacrifício valeu a pena, e será ainda mais gratificante.

13516474_526983127493341_7876512350020035609_n

Sobre Direto da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Por Direto da Redação

Todos (70)